25/06/2021

Persistente: comportamento do empreendedor de sucesso

Aprenda persistir no seu objetivo final e buscar novas estratégias para alcançar os resultados desejados

É comum ver pessoas inteligentes dizendo que não têm sorte. Elas dizem que não tiveram oportunidades de estudar, ter bons empregos, e que não nasceram em famílias ricas, portanto, não vão conseguir evoluir na vida. Gosto de chamar de falta de persistência.

Quando busco entender essas pessoas, analisar seu dia-a-dia e comportamento, percebo que elas têm o famoso “comodismo destrutivo”, que significa não perceber onde estão errando e preferir colocar a culpa em alguém. Dessa forma, mudam seu foco, projetos de vida e o objetivo final de suas histórias, trazendo prejuízo sobre os resultados que desejam.

Conhece alguém assim? Pois é, essa pessoa pode ser você. Afinal, analise e perceba se você não muda o tempo inteiro seu objetivo final. Em um momento, quer ser contador, em outro, nutricionista, depois, advogado. Começa muitas faculdades e tranca no segundo ou terceiro período; ou, até mesmo, muda de emprego várias vezes.

Eu gosto de comportamentos de mudança, pois acredito que esse é o grande segredo das pessoas que têm sucesso, mas, desde que esses comportamentos não sejam mudanças de objetivos finais, mas mudanças de estratégia para chegar ao objetivo final.

Falei sobre isso para te conscientizar de mais um comportamento do empreendedor de sucesso, o comportamento da persistência. Mas, não confunda persistência com teimosia.

PERSISTÊNCIA 

Pensa no seguinte cenário: Você precisa muito falar com uma pessoa, mas está com dificuldade de realizar o contato. Você tenta ligar para o telefone, mas ela não atende. Você tenta fazer desse jeito durante um mês.

Nesse caso, temos:

  • Objetivo final: conversar com a pessoa
  • Estratégia: ligar pelo telefone

Supondo que, após um mês, você não conseguiu falar. Tentou todos os dias, e depois desistiu. Esse é um comportamento persistente ou teimoso?

Pense em um segundo cenário, em que você tentou falar ao telefone na primeira semana e não deu certo. Na segunda semana, você mandou correspondência para o endereço. Na terceira, redigiu um e-mail e ligou para conhecidos dessa pessoa, e na quarta, foi ao endereço procurá-la em diferentes horário, e ainda conversou com vizinhos para buscar informações sobre ela.

Esse foi um comportamento persistente ou teimoso?

Repare que ambos os casos tinham o mesmo objetivo final. Entretanto, no primeiro cenário, só uma estratégia foi usada durante o mês inteiro. No segundo cenário, diversas estratégias foram usadas para chegar ao resultado final.

Em qual desses casos você teria mais chance de sucesso? Óbvio que no segundo, mas por quê? Nele, várias formas diferentes de se chegar no seu objetivo foram testadas, mudando a estratégia sem modificar o objetivo final. Portanto, dessa forma, esse comportamento foi de uma persistente.

Dificilmente, no segundo cenário, você não teria atingido seu objetivo de falar com a pessoa. Já no primeiro, uma mesma ação foi usada o todo tempo, mesmo sem dar certo.

Dessa forma, esse foi um comportamento teimoso. A teimosia é destrutiva e corrói sua empresa, mas a persistência é benéfica e te faz conquistar resultados ao longo prazo.

A Netflix testou seu modelo de negócios algumas vezes até achar o ideal para o mercado e explodir como empresa de streaming. A Nike era uma revendedora de sapatos e tênis japoneses e achou sua grande estratégia quando investiu de forma personalizada em atletas olímpicos.

O Youtube nasceu como uma plataforma de encontros através de vídeos, depois de não dar certo, percebeu que o melhor era permitir o upload de qualquer conteúdo, e estourou como um grande sucesso.

Em momento nenhum essas empresas mudaram seus objetivos finais, mas apenas reestruturaram suas estratégias. Você precisa analisá-las e testar até atingir o ponto ideal. Mesmo achando um modelo incrível, depois de um tempo, pode ser que você tenha que mudá-lo novamente.

Uma das formas de criar novas estratégias é usar momentos livres com a equipe para pensar sobre o negócio e ouvir os clientes sobre o produto que desejam.

Gostaram de mais um conteúdo? Acompanhe o próximo post sobre comportamentos de um empreendedor de sucesso!

Aproveite o nosso material 

Caso você tenha gostado desse artigo e gostaria de ir para a ação, vou disponibilizar uma planilha que usamos semestralmente na CF para checar as informações que mencionei. O material oferece muitos insights que nos ajudam a evoluir, melhorar e inovar. Clique aqui para receber a planilha!

Se você quer saber como eu faço isso na CF Contabilidade, clica aqui e leia esse e-book sobre Liderança e Desenvolvimento de Pessoas. Esse conteúdo vai te ajudar a criar os famosos brainstormings e ter as melhores ideias!

Se quiser me conhecer e se aprofundar nos comportamentos que um empreendedor deve ter, me chame para conversarmos. Meu e-mail: junior@cfcontabilidade.com e Instagram: @edilsoncfjunior

Conheça nosso modelo de Franquias!

Se você acha que precisa acelerar sua jornada na Contabilidade, seja melhorando seu negócio atual ou empreendendo do zero, conheça nosso modelo de Franquias.

Ele te ajudará a:

  1. Montar um escritório contábil digital do ZERO;
  2. Estruturar sua vendas e fazer seu negócio crescer;
  3. Suporte com TI, Sistemas e Legislações;
  4. Viver de forma real o dia a dia de uma empresa contábil (Escritório Modelo).

Nossa rede conta com mais de 140 unidades, e você pode fazer parte dela! Clique aqui e fale com uma de nossas atendentes.

SEJA UM FRANQUEADO CF!

Se você quer saber como eu faço isso na CF Contabilidade, clica aqui e leia esse e-book sobre Liderança e Desenvolvimento de Pessoas. Esse conteúdo vai te ajudar a criar os famosos brainstormings para você ter as melhores ideias possíveis!