01/07/2021

IR 2021: veja como consultar e receber sua restituição

A Receita Federal liberou nesta quarta-feira, 30, as restituições do Imposto de Renda 2021 para 4.222.986 contribuintes

Este é o segundo lote de pagamentos e beneficia contribuintes que entregaram a declaração até 21 de março, além daqueles que possuem prioridade legal. No total, foram pagos R$ 6 bilhões.

Neste grupo estão idosos acima de 80 anos; pessoas que possuem idade entre 60 e 79 anos; além de pessoas com deficiência e aqueles que atuam no magistério.

Então, se você faz parte desse grupo, veja neste artigo como é simples ter acesso ao seu pagamento. Caso você não saiba se está neste lote, veja como verificar a sua restituição.

Como consultar?

A Receita Federal não divulga uma lista específica com os nomes daqueles que serão beneficiados a cada lote, mas saiba que é possível verificar se a sua restituição foi liberada.

Para isso, você deve acessar o site da Receita Federal e buscar pela opção “Meu Imposto de Renda” e clique em “Consultar Restituição”.

Esse procedimento também pode ser realizado através do seu celular, utilizando o aplicativo Meu Imposto de Renda. Através desse sistema, você também pode conferir se foi beneficiado no primeiro lote de pagamentos.

Como receber?

Se a sua restituição foi liberada, você deve conferir a conta que você informou durante o preenchimento da sua declaração do Imposto de Renda. Assim, você poderá movimentar o dinheiro através do aplicativo do seu banco ou ir até a agência e solicitar o saque em espécie.

Mas, caso você não tenha indicado uma conta ou tenha erros que impeçam o depósito, basta entrar em contato com o Banco do Brasil e solicitar o resgate do valor.

Através da Central de Atendimento da instituição você pode solicitar que o crédito seja feito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco. Outra opção é fazer o resgate de forma presencial.

Quando a restituição é enviada ao Banco do Brasil, ela permanece disponível para resgate por até um ano e, depois, retorna à Receita Federal.

Mas não pense que assim você perderá o dinheiro: se passar o prazo indicado, o procedimento de resgate deve ser feito junto à Receita Federal.

Restituição não liberada

Existem duas situações que podem ter causado essa situação. A primeira está relacionada a possíveis pendências em sua declaração.

Neste caso, a orientação da Receita Federal é fazer a consulta do extrato da declaração, onde será informado se é preciso fazer correções. Assim, a declaração retificadora será novamente analisada e caso esteja tudo em dia, a Receita Federal irá liberar a sua restituição.

Mas, lembre-se que falamos acima que não é divulgada uma lista contendo os nomes de quem receberá a restituição em cada lote?

Então, esta é a segunda situação que pode ter ocorrido: se a sua declaração está correta, mas a sua restituição ainda não foi liberada, você será incluído nos próximos lotes. Então não desanime, pois, estão previstos outros três lotes que serão pagos nas seguintes datas:

  • 3º lote: em 30 de julho de 2021;
  • 4º lote: em 31 de agosto de 2021;
  • 5º lote: em 30 de setembro de 2021;

Assim, acompanhe o processamento da sua declaração e consulte os próximos lotes, que costumam ser liberados alguns dias antes do pagamento.

 

Matéria originalmente publicada em Rede Jornal Contábil, por Samara Arruda.