Pronampe
30/07/2021

Pronampe: projeto beneficou 233 mil empresas e liberou 68% do previsto

O projeto, que começou em julho, já ofereceu R$ 17 bilhões à microempreendedores que ainda sofrem com os impactos da pandemia

O Pronampe (Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte) já ofereceu 68% do valor previsto para o projeto neste ano, o que corresponde a R$17 bilhões, do total de R$ 25 bilhões. Até sexta-feira (23), 233 mil empresas foram beneficiadas.

O projeto começou no início de julho, com o objetivo de ajudar microempresas e empresas de pequeno porte que passaram por dificuldades na pandemia, que obrigou muitos empreendimentos a fecharem as portas.

O Pronampe de 2021 oferece uma quantia inferior ao programa do ano passado. Em 2020, foram oferecidos R$ 37 bilhões aos empreendedores, R$ 12 bilhões a menos em relação a 2021.

A garantia na carteira para 2020 foi de 85%, enquanto a desse ano, apenas 20%. A taxa de juros também aumentou, saindo de 1,25% ao ano mais Selic, para 6% ao ano mais a taxa Selic. 

Bancos conhecidos estão participando do programa neste ano, como o Banco do Brasil, que emprestou R$ 6 bilhões, a Caixa, com R$ 4,3 bilhões, Bradesco, com R$ 2,4 bilhões, Sicoob, Itaú e Sicredi com R$ 1,2 bilhão.

O Santander, BDMG, Banrisul e Banco da Amazônia ofereceram R$ 365 milhões, R$ 109 milhões, R$ 80 milhões e R$ 50 milhões respectivamente.