fbpx

Siga nossas redes

Como empreender na contabilidade do jeito certo

Como empreender na contabilidade? Empresário contábil inicia sua jornada empresarial trabalhando de casa

Cansou de trabalhar para os outros e quer saber como empreender na contabilidade?

Essa é uma decisão importante que precisa ser tomada com cautela, pois existem vários fatores em jogo para você ter sucesso no empreendedorismo contábil.

Felizmente, eu já nasci neste ambiente de empreendedorismo, quando comecei a trabalhar com meu pai há mais de 15 anos aqui na CF Contabilidade.

Mesmo assim, tivemos que passar por muitos desafios para alcançar a maturidade do negócio.

E gostaria de compartilhar com você o melhor caminho possível para minimizar os erros e aumentar as chances de dar certo.

Vamos lá?

Contador autônomo ou empresa contábil: o que escolher?

Hoje é muito simples começar seu escritório de contabilidade em home office, posicionando-se como empresa contábil.

Portanto, ainda que neste início você seja uma “EUpresa”, procure se apresentar como uma empresa tradicional.

Inclusive, considere isso ao precificar o seu serviço e criar processos internos, para quando seu negócio crescer e tiver de contratar funcionários para o operacional.

Comece já a pensar como empresário, e não só como contador

O cliente espera que uma empresa de contabilidade entregue guias, calcule impostos, faça folhas de pagamentos e diversas tarefas burocráticas. 

Convenhamos: isso qualquer escritório contábil é capaz de fazer com mais ou menos eficiência, pois se tratam de obrigações técnicas relativas à nossa área.

No entanto, será que essas habilidades técnicas são suficientes na hora de se destacar como um empreendedor contábil?

Adianto que não. O grande diferencial de um empreendedor contábil é trabalhar também como um consultor dos seus clientes e ter o comportamento empreendedor.

Ou seja, a empresa contábil deve usar a tecnologia em seu favor para gerar informações que ajudem o cliente a tomar decisões que o façam otimizar custos, aumentar o faturamento e contratar com mais eficiência.

E digo mais: a maior habilidade que o empresário contábil pode ter é se tornar um excelente vendedor dos seus serviços contábeis.

Afinal, qualquer contador bem treinado pode desempenhar a parte operacional, mas ninguém será capaz de falar do negócio tão bem quanto seu próprio dono.

Se prepare emocionalmente para errar

Para empreender na contabilidade, como em qualquer outra área, é preciso saber lidar com altos e baixos.

Por mais que você se prepare para evitar riscos desnecessários, os erros sempre farão parte do seu dia a dia.

Provavelmente, você vai cometer erros ao formatar o seu primeiro pacote de serviços. Ao abordar o seu primeiro cliente. Ao precificar o serviço.

Enfim, o importante é você estar sempre se autoavaliando e se colocando em ação, pois o seu maior aprendizado sempre será a experiência de campo.

Participe de cursos e treinamentos focados em como empreender na contabilidade

Desenvolver os comportamentos do empreendedor é algo tão importante, que o próprio  Sebrae sempre destaca as 10 características do empreendedor de sucesso nos seus cursos:

1) Iniciativa e busca de oportunidades

2) Persistência

3) Capacidade de correr riscos calculados

4) Exigência de qualidade e eficiência

5) Comprometimento

6) Busca de informações

7) Estabelecimento de metas

8) Planejamento e monitoramento

9) Persuasão e rede de contatos

10) Independência e autoconfiança

De todas essas, as que eu mais destaco são a iniciativa e a persistência, pois são as características que moverão você a desenvolver todas as outras.

Procure cursos e treinamentos voltados ao empreendedorismo contábil, para que você já vá se acostumando com este ambiente.

Faça um plano de negócios

Não cometa o erro de achar que para começar um negócio basta ter um ou dois clientes e já se considerar empresário contábil..

Você precisa, antes de tudo, fazer um plano de negócios de empresa contábil, com toda a previsão de receitas e despesas, fluxo de caixa e um plano de ação claro para conquistar os resultados.

Do contrário, você pode se tornar só mais um entre centenas de milhares de contadores que vivem correndo atrás do próprio rabo, sem conseguir crescer com segurança.

Algumas questões para você analisar:

– Preciso de um escritório ou posso iniciar meus serviços home office?

– Com quais sistemas posso trabalhar? São gratuitos ou preciso investir?

– Qual será o meu capital de giro? Qual o meu investimento inicial?

– Qual a minha meta mensal de lucro?

Essas são perguntas básicas, mas você pode estender para perguntas mais específicas do seu nicho e dos seus objetivos.

Segmente sua área de atuação e formate uma apresentação de serviços contábeis

Ao montar seu plano de negócios, é uma boa decidir com qual segmento você deseja atuar para se tornar um especialista na área. 

Naturalmente, essa escolha deve vir pautada em uma verdadeira autoridade ou desejo de estudar aquela área.

A segmentação é uma tendência mundial para ter autoridade em um determinado setor e poder ganhar mais com uma carga menor de trabalho. 

Um médico, por exemplo, que é muito atarefado, deve se interessar muito por um serviço de contabilidade que o atenda fora do horário comercial. 

Isso te ajuda a ser visto como especialista não só nas leis tributárias do segmento, mas nos problemas comuns do setor, ou seja, nas dores do seu cliente. 

Esse é um dos segredos para você não precisar competir somente por preço, e conquistar clientes qualificados.

Porém, se você ainda não tem tanta certeza como segmentar, procure identificar as melhores oportunidades na sua região e formate sua proposta de serviços contábeis.

Depois você vai descobrindo, ao longo do caminho, como segmentar melhor a sua área de atuação.

Aprenda a atrair clientes para a sua empresa contábil

Esse costuma ser o grande terror dos contadores que querem entender como empreender na contabilidade.

Infelizmente, o marketing contábil não é algo que aprendemos na faculdade e é normal se sentir inseguro quanto a isso quando se está iniciando.

Existem diversas estratégias para atrair clientes de contabilidade, e algumas delas certamente funcionarão para você.

Mostre no seu Instagram que você tem uma empresa contábil. Faça um perfil no Google Meu Negócio. Diga aos seus amigos que você abriu a sua empresa de contabilidade.

Enfim, apresente-se ao mundo e tenha clareza sobre quais problemas sua empresa é capaz de resolver.

Eu sei que a simples ideia de aparecer nas redes sociais pode lhe provocar pânico.

Mas a experiência dos nossos franqueados contábeis mais bem-sucedidos mostra que é possível conquistar ótimos clientes pelas redes sociais sem precisar aparecer.

Não perca a oportunidade de visitar seus prospectos

A minha experiência atendendo mais de 4.000 clientes aqui na CF mostra que o mau atendimento é o principal fator para uma empresa trocar de contador.

Por isso, se alguém se interessou pelo seu serviço, não perca a oportunidade de visitar essa empresa ou, ao menos, fazer uma videoconferência para se apresentar e mostrar que dará um atendimento de primeira para esse estabelecimento.

Você verá como essa conexão inicial é poderosa para fechar o seu primeiro cliente e, desde já, começar uma relação sadia e produtiva.

Prepare-se desde o início para sair do operacional

Mesmo quando ainda tiver poucos clientes, já vá criando processos para poder passar as demandas operacionais aos seus futuros funcionários.

Entenda que existe um limite de clientes que você conseguirá atender. E se quiser aumentar o seu faturamento, será necessário treinar profissionais para cumprirem as demandas diárias.

Escolha com cuidado um bom software contábil

Você vai precisar de um software contábil de confiança e que seja capaz de automatizar o máximo possível as demandas com os seus clientes.

Por isso, assim que você tiver o seu primeiro cliente, evite economizar demais com alternativas gratuitas ou que atendam apenas parcialmente o que você precisa, sem “gambiarras”.

Lembre-se que qualquer profissional da sua futura equipe precisa conseguir fazer as demandas diárias com o máximo de fluidez e segurança possível.

Hoje existem algumas alternativas de software para contadores que estão começando e será um investimento que valerá a pena no longo prazo.

Estude o modelo de franquia de contabilidade

Começar a empreender com a franquia de contabilidade, na minha visão, é a melhor forma de não cometer erros bobos e crescer com rapidez e segurança.

Na CF Contabilidade, por exemplo, você vai ter:

Treinamentos práticos para ir do zero a R$ 10 mil de faturamento já nos primeiros meses, com a Mentoria de Aceleração

Suporte da franqueadora para atender os clientes que você ainda não tiver segurança para atender sozinho

Software contábil de ponta sem custo

– Diferencial de pertencer a uma rede de mais de 250 empresas em todo o país

Treinamentos para gerir uma empresa contábil de forma estratégica

Suporte de marketing com todos os materiais necessários para atrair clientes no tradicional e no digital

Temos vários cases de sucesso de contadores que saíram da CLT e puderam fazer essa transição para o empreendedorismo contábil de forma tranquila e bem-sucedida.

E também de empresários contábeis que já tinham seu escritório e resolveram transformá-lo em franquia para ganharem diferenciais e poderem crescer com escalabilidade e segurança.

Quer saber se este modelo é para você?

Preencha o formulário abaixo e aguarde o contato do nosso time de especialistas:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *